Ribau

No dia 17 de Outubro de 2013, uma tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea) foi capturada acidentalmente por uma embarcação de pesca (Olívia Ribau – arrastão) ao largo da Figueira da Foz. O mestre da embarcação, preocupado com o estado do animal, contactou o CRAM-Q. A tartaruga marinha, a que se deu o nome de Ribau, foi recolhida pelo CRAM-Q e transportada para as suas instalações. Devido às grandes dimensões desta tartaruga marinha (cerca de 1,50 m de comprimento de carapaça) todo o processo de transporte, desde transferir o animal da embarcação para a viatura de emergência de animais marinhos (adquirida pelo Projecto LIFE+ MarPro ) até o colocar no tanque de reabilitação, envolveu a colaboração de várias entidades que foram essenciais para que tudo corresse de forma rápida e eficiente.

Aparelho de Ultra-Som utlizado como meio auxiliar na colheita de sangue

Aparelho de Ultra-Som utlizado como meio auxiliar na colheita de sangue

Foi efetuado um exame físico, uma colheita de sangue, entre outros procedimentos necessários para avaliar o estado de saúde da tartaruga-de-couro. Além das escoriações provocadas pela rede de pesca, a Ribau estava saudável. Após o tratamento tópico das escoriações, O CRAM-Q optou por devolver esta tartaruga marinha o mais rapidamente possível ao seu habitat, pois não havia necessidade de continuar em recuperação.

Libertação da tartaruga-de-couro Ribau

Libertação da tartaruga-de-couro Ribau na Praia da Rocha, Portimão
20 de Outubro de 2013

Com o apoio de várias instituições começou-se a organizar a sua devolução ao mar, processo este que demorou apenas 24 horas. Como as condições de mar na costa oeste não eram as mais favoráveis, a Ribau foi libertada na Praia da Rocha, em Portimão, no dia 20 de Outubro de 2013.

 

Vídeo: Correio da Manhã TV, Jornal da Noite

Agradecimentos:

  • Tripulantes da embarcação Olívia Ribau e Atlantis – Sociedade de Pesca, Lda.
  • Funcionários da Docapesca da Figueira da Foz
  • Polícia Marítima da Figueira da Foz
  • Bombeiros Municipais da Figueira da Foz
  • Mestre da embarcação Novomar e Albamar – Sociedade de Pesca, Lda.
  • Macodal – Comércio e Transporte de Materiais de Construção, Lda.
  • Comando da Zona Marítima do Sul
  • Ponto de Apoio Naval de Portimão
  • Capitania do Porto de Portimão
  • Polícia Marítima de Portimão

Agradecimentos especiais ao Sr. Manuel Teixeira, Mestre Márcio, Mestre João, Comandante da Zona Marítima do Sul Malaquias Domingues e 2º Cmdt Serrano Augusto, Capitão do Porto de Portimão Santos Pereira, Sargento Teixeira, Ag. Simas, Ag. Filipe, Ag. Abreu, Marinheiro Morgado, Cabo-electricista Marques e Cabo Batista.

Nome do Paciente: Ribau
Espécie: Dermochelys coriacea (Vandelli, 1761)
Causa da Entrada: captura acidental (bycatch) por uma embarcação de pesca
Categoria da Red List da IUCN: VU (Vulnerável)

Data de Entrada: 17 de Outubro de 2013 Data da Libertação: 20 de Outubro de 2013